Skip to main content
NobelPearl™

NobelPearl™

Estética natural e equilíbrio dos tecidos moles.

Inovação para os seus pacientes

Diferencie a sua clínica ao oferecer uma solução inovadora de implantes cerâmicos de duas peças, 100% isentos de metal e sem cimento, proporcionando uma abordagem familiar aos implantes de titânio. A extensão da linha NobelPearl inclui o implante de plataforma estreita em vários comprimentos, um sistema completo de encaixe sem metal para casos edêntulos, e total integração nos fluxos de trabalho digitais.

Uma solução de implante compatível com os tecidos moles1

NobelPearl foi concebido para oferecer uma aparência natural dos tecidos moles. O seu material branco é especialmente benéfico em pacientes com uma mucosa de biotipo fino.2

NobelPearl™

Aderência dos tecidos moles

Concebido para uma excelente aderência dos tecidos moles e fraca reação inflamatória.1

Osseointegração comprovada

Osseointegração comprovada e aderência dos tecidos moles graças à superfície de implantes Zerafil™ hidrofílica, submetida a jato de areia e gravada a ácido.3, 4

Placa reduzida

A zircónia tem demonstrado uma baixa afinidade para a formação de placa.1, 5, 6

Desfrute de tranquilidade

O NobelPearl proporciona uma resistência comprovada para um início bem sucedido em implantologia cerâmica e oferece maior flexibilidade nas restaurações protéticas em comparação com implantes cerâmicos de uma só peça ou cimentados. Este facto deve-se ao desenho da conexão interna de duas peças, isenta de cimento e reversível. O NobelPearl foi concebido para proporcionar estabilidade primária e está disponível para uma ampla variedade de indicações, desde restaurações unitárias a múltiplas.7

Parafuso sem metal de elevado desempenho

Implante cónico flexível de duas peças com um inovador parafuso VICARBO® isento de metal, feito de polímero reforçado com fibra de carbono, concebido para uma forte conexão cerâmica com cerâmica amovível.7

Precisão no fabrico

Os implantes e pilares NobelPearl são polidos a partir de modelos de zircónia endurecida com alumina (ATZ) por compactação isostática a quente (HIP), os que os torna comprovadamente fortes. Após a modelação final da geometria externa e interna do implante não tem lugar qualquer processo térmico (sinterização) ou acabamento. 
Este método de fabrico permite um elevado nível de precisão dimensional e exatidão.7

Concebido para uma excelente aderência dos tecidos moles1


Benéfico em pacientes com uma mucosa de biotipo fino2


 

Instruções de utilização do NobelPearl

Informações importantes e instruções passo a passo para o guiar do início ao fim do procedimento cirúrgico com o NobelPearl.

Tem perguntas sobre o NobelPearl?

Se pretender informações adicionais, mais detalhes ou se tiver perguntas específicas sobre o NobelPearl, clique na hiperligação abaixo.

"Para mim, os atributos mais importantes dos implantes cerâmicos NobelPearl são o parafuso de fibra de carbono único para a estabilidade efetiva do pilar, o material resistente de zircónia endurecida com alumina e a superfície micro rugosa para a osseointegração. Os implantes de cerâmica NobelPearl de duas peças são a alternativa sem metal do futuro aos consolidado implantes de titânio.“

DO NOSSO BLOGUE

FORMAÇÃO

Encontre um curso sobre a colocação de implantes unitários e múltiplos

Pesquisa de cursos

Referências

Consulte nas instruções de utilização todas as informações de prescrição, incluindo as indicações, contraindicações, avisos e precauções. 

  1. Cionca N, Hashim D, Mombelli A. Zirconia dental implants: where are we now, and where are we heading? Periodontol 2000. 2017;73(1):241-258.  
    Ler na PubMed
  2. Cosgarea R, Gasparik C, Dudea D, et al. Peri-implant soft tissue colour around titanium and zirconia abutments: a prospective randomized controlled clinical study. Clin Oral Implants Res 2015; 26(5):537–544.  
    Ler na PubMed
  3. Chappuis V, Cavusoglu Y, Gruber R, et al. Osseointegration of zirconia in the presence of multinucleated giant cells. Clin Implant Dent Relat Res 2016; 18(4):686–698.  
    Ler na PubMed
  4. Jank S, Hochgatterer G. Success rate of two-piece zirconia implants: a retrospective statistical analysis, Implant Dentistry: April 2016; 25(2):193–198.  
    Ler na PubMed
  5. Scarano A, Piattelli M, Caputi S, et al., Bacterial adhesion on commercially pure titanium and zirconium oxide disks: an in vivo human study., J Periodontol. 2004 Feb; 75(2):292–296.
    Ler na PubMed
  6. Rimondini L, Cerroni L, Carrassi A, et al. Bacterial colonization of zirconia ceramic surfaces: an in vitro and in vivo study. Int J Oral Maxillofac Implants 2002; 17:793–798.  
    Ler na PubMed
  7. Nobel Biocare. Dados em arquivo.