Skip to main content

creos™ syntoprotect

A sua opção clara de membranas de PTFE denso para expandir as opções de enxerto

Ampla gama de membranas sintéticas não reabsorvíveis, incluindo membranas reforçadas com titânio.

membrana de PTFE syntoprotect

Deixa propositadamente a membrana exposta para permitir a preservação da arquitetura do tecido mole e da mucosa queratinizada.

NÃO REABSORVÍVEL

Não é reabsorvida prematuramente – pode definir o período de cicatrização.


O TECIDO MOLE FIXA-SE, MAS NÃO CRESCE ATRAVÉS DA MEMBRANA

A membrana exposta permite a remoção não cirúrgica; não é necessária anestesia.


100% DE PTFE DENSO (NÃO EXPANDIDO)

Impermeável a bactérias – tamanho dos poros inferior a 0.3 μm.


Previsibilidade clínica

Em dois estudos diferentes onde foram tratados um total de 696 leitos de extração utilizando membranas de PTFE denso com uma técnica exposta, não foram relatadas infeções1, 2

membrana de PTFE syntoprotect reforçada com titânio

DESENHO DA ESTRUTURA TRADICIONAL

Incorporando "suportes" de titânio delicados e estrategicamente colocados com mais de 25 anos de história clínica e utilização bem sucedida na ROG.

ESTRUTURA LEVE E DELICADA

Fácil de cortar e compatível com os tecidos moles sobrejacentes.


OPÇÕES DE MANUSEAMENTO

Vasto portefólio com 13 formas em 2 espessuras.


MENOS É MAIS

Um menor volume de titânio permite maior versatilidade para dar forma e para a colocação, fornecendo estabilidade adicional em defeitos ósseos grandes e sem necessidade de criação de espaço.


 

Eficácia clínica

  • Perda óssea 1 ano pós-extração³

    Perda óssea vertical medida na crista. Medida horizontalmente desde o stent até à placa bucal.

  • Regeneração dos tecidos moles 90 dias pós-extração⁴

    Medido como redução da distância oclusal entre as margens gengivais bucal e lingual.

  • Aumento da aresta vertical em redor dos implantes⁵

    Regeneração óssea vertical média.

Concebida para ajudar a estabilizar a membrana

As concavidades hexagonais da superfície fornecem uma superfície texturizada que aumenta a área disponível para aderência celular sem aumentar a porosidade. A superfície texturizada é concebida para ajudar a estabilizar a membrana e o retalho de tecido mole.

creos syntoprotect Imagem SEM
 
 
Dr Silva's webinar on creos syntoprotect

Webinar com o Dr. Liliana Silva

Membrana sintética PFTE reforçada com titânio para aumentos 3D da crista.

Tem perguntas sobre creos syntoprotect?

Se pretender informações adicionais, mais detalhes ou se tiver perguntas específicas sobre creos syntoprotect, clique na hiperligação.

DO NOSSO BLOGUE